Arquivos da categoria: Saúde

Viva sua vida melhor!

Como prevenir a osteoporose

A osteoporose é uma doença que faz com que os ossos fiquem mais frágeis por conta da perda de massa óssea.

osteoporose

Eles ficam porosos porque não conseguem repor a massa óssea e, assim, aumentam os riscos de fraturas. Esse é um mal mais comum em mulheres, principalmente após a menopausa, porém isso não quer dizer que outros grupos não tenham risco de desenvolvê-la.

Porém, a osteoporose não é doença e você pode salvar seus ossos. Quer saber como?

Como evitar o surgimento da osteoporose

A primeira coisa para se conseguir evitar a osteoporose é ingerir uma grande quantidade de cálcio porque ele ajudará na formação óssea. E, apesar de a fonte mais divulgada desse nutriente ser o leite e seu derivados, é possível consegui-lo com outros alimentos. Ele também pode ser conseguido em verduras, leguminosas, peixes e frutas oleaginosas, sendo que cada um deles possui uma diferente concentração.

É preciso que o cálcio seja consumido durante todos os períodos da vida e em cada um deles será necessária uma dose diária diferente.

A vitamina D também é fundamental nesse processo, sendo que a sua principal fonte são os raios solares, por isso é recomendado tomar pelo menos 15 minutos de sol ao dia. Ela ajudará o cálcio a se fixar nos ossos, fazendo com que eles fiquem mais fortes.

Por isso, investir em uma boa alimentação é a chave da prevenção de doenças, inclusive da osteoporose. Verifique se o seu plano de saúde ou convênio médico possibilita a realização de uma exame para a osteoporose. Caso você não tenha um plano de saúde, solicite uma orientação aos parceiros do site Planodesaude.net

A ingestão de suplementos que contenham cálcio e vitamina D também podem ser adotados quando há indicação médica. Eles costumam ser prescritos quando somente com base na dieta do paciente não é possível obter a quantidade mínima necessária desses para que os ossos se mantenham saudáveis e fortes. Porém, mesmo quem faz uso de suplementos ainda assim deve ter muito cuidado com a dieta e sempre ingerir uma grande quantidade de alimentos que são benefícios nesse caso.

Já o sal pode diminuir a absorção do cálcio, enquanto o álcool, café e tabaco contribuem para o surgimento da osteoporose. Nesse caso essas substâncias devem ser evitadas, principalmente para quem já teve o diagnóstico da doença.

Os exercícios físicos, ao contrário do que muita gente pensa, também são bastante benéficos porque vão ajudar no fortalecimento dos ossos e músculos. Porém, não é qualquer atividade física que está liberada porque algumas podem acabar sendo prejudiciais se forem de alto impacto.

As atividades mais recomendadas são as que trabalham com a sustentação do peso e possuem movimentos contra a resistência. Algumas bastante indicadas são as caminhadas, natação, hidroginástica e dança. O importante é lembrar que você deve fazer tudo dentro dos seus limites.

osteoporose2

Quando a pessoa já está com osteoporose é preciso também evitar as quedas, pois nesses casos as fraturas costumam ser mais frequentes. Para isso é recomendado sempre usar o corrimão nas escadas, evitar tapetes em casa, optar por sapatos com sola antiderrapante, entre ouros.

Quando os cuidados são adotados desde a infância, com uma alimentação equilibrada na fase adulta, os riscos da osteoporose diminuem. Esses cuidados se tornam ainda mais eficazes se a pessoa tiver hábitos saudáveis, com a prática regular de atividades físicas e não ingerir álcool ou fumar. O acompanhamento médico aliado a tudo isso pode ser fundamental para evitar o problema na velhice.

Varizes

Varizes nas pernas, como prevenir

Toda mulher quer ter pernas lindas, mas as varizes são as principais inimigas desse desejo. Elas são veias que se dilatam e deformam mudando de cor. Elas normalmente aparecem nas pernas porque estamos sempre com as pernas abaixo do nível do coração, isso dificulta que o sangue faça o caminho de volta se acumulando na região e causando as varizes.

Varizes nas pernas

O que causa as varizes

A variz é causada principalmente por origem genética, se muitas pessoas na sua família têm, para que você não tenha seus cuidados devem ser ainda maiores do que de uma pessoa que não possui histórico familiar.

As mulheres são mais acometidas pelo problema porque as varizes estão também ligadas aos hormônios femininos. Eles deixam as paredes das veias enfraquecidas, principalmente durante a gravidez, e assim as veias se deformam.

Quando o tempo passa, nós costumamos perder colágeno e isso também contribui para o aparecimento das varizes.

Como evitar as varizes

Primeiramente você deve evitar ficar muito tempo em pé ou sentada. Caso trabalhe em pé e não tenha horários de descanso frequentes, pelo menos se movimente, ande de um lado para o outro, procure levantar os pés sempre, e tente usar meias de compressão.

Assim que chegar em casa tente fazer um escalda pés e coloque os pés para o alto sempre que possível. Quanto mais alto conseguir deixar os pés, melhor. Caso sua cama seja encostada na parede, uma ótima posição é deitar de barriga para cima, colocar os pés na parede e encostar o bumbum formando um ângulo de 90° entre suas pernas e seu tronco, fique assim o máximo de tempo que conseguir.

Se você trabalha sentada, a cada hora de trabalho, se levante e caminhe pelo menos 5 minutos, mexa-se, levante as pernas, se abaixe, faça bastantes movimentos para que o sangue tenha mais facilidade de circular.

Varizes

Como prevenir alguns problemas bucais

saúde bucal

A boca é uma das regiões mais sensíveis de nosso corpo. Por isso, quaisquer problemas que surjam nesta região causam muitos incômodos. É importante visitar o dentista periodicamente a fim de preservar a saúde bucal e se precaver dos incômodos.

O Colher de Saúde mostra a seguir alguns dos problemas mais recorrentes e também apresenta algumas dicas sobre como tratá-los.

Cárie:

É uma das doenças bucais mais comuns. Se origina na placa bacteriana, uma substância que se forma em nossa boca após as refeições, quando os restos de alimentos se misturam com a saliva e formam uma película transparente. Esta é invadida pelos gérmens que vivem na boca, e alguns deles fermentam o açúcar dos restos de alimentos e formam os ácidos que atacam o esmalte. O ideal é escovar os dentes logo depois de comer.

Gengivite:

Infecção bucal provocada por bactérias que facilitam a inflamação e sangramento das gengivas ao escovar os dentes ou ao comer. Para amenizar o problema, convém escovar os dentes com uma pasta de dentes que diminua a inflamação, um gel dental com clorexidina ou fazer bochechos com produtos que contenham gluconato. Uma gengivite mal curada pode acabar causando uma periodontite. Este transtorno afeta profundamente a gengiva e pode destruir o osso que serve de suporte aos dentes.

Mau Hálito (halitose)

O mau hálito (halitose), é resultante da presença de algum problema dental (cáries, periodontite, etc.). Também acontece quando descuidamos de nossa higiene bucal ou quando a salivação não é a correta, e a boca se enche de bactérias que causam mau cheiro. No ato da escovação, use uma escova para a língua para arrastar as bactérias aderidas à língua e faça enxágues bucais.

Aftas

São manchinhas esbranquiçadas e redondas que aparecem no interior da boca, principalmente em épocas de estresse. São muito comuns e costumam se curar sozinhas, mas para evitar as dores que provocam, os dentistas costumam recomendar colutório ou uma pomada.

Dicas para que você se previna contra a gripe

gripe

A transição entre outono e inverno aumenta a incidência de doenças como gripe e resfriado. Isso acontece porque a baixa umidade do ar e a redução das temperaturas facilitam a transmissão de vírus que atacam o sistema respiratório.

Os principais sintomas destas patologias são mal-estar geral, perda do apetite, irritação na garganta, coriza, tosse com ou sem catarro, espirros, febre, dor de cabeça e no corpo.

Confira algumas dicas para que você e sua família possam se prevenir contra estas doenças.

 

 

  • Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada. Aposte nas frutas e outros alimentos orgânicos.
  • É essencial ter hidratação vigorosa com bebidas saudáveis. Nunca abra mão da água e evite bebidas alcoólicas.
  • Pratique atividade física regularmente, nem que para isso você precise acordar mais cedo.
  • Dormir bem é muito importante, pois fortalece o sistema de defesa do organismo.
  • Se você já tem alguma doença, principalmente as que afetam o pulmão e o coração e a diabetes, é preciso mantê-la controlada e com acompanhamento regular do seu médico.
  • Cheque sua carteirinha de vacinação. Ela deve estar sempre em dia. Lembre-se de que todo ano há campanha de vacinação contra a gripe.
  • Reconheça os primeiros sintomas de gripe ou resfriado, procure seu médico rapidamente para que seja iniciado o tratamento adequado.
  • Se ocupar com a higiene é fundamental. Lave sempre as mãos. Essa é a medida mais eficaz para evitar a transmissão dessas e várias outras doenças.
  • Ao tossir ou espirrar, proteja a boca e o nariz com o antebraço ou um lenço.
  • Evite o uso conjunto de copos, talheres e toalhas.
  • Evite ambientes fechados e aglomerações, muito comuns em dias frios.
  • Deixe sua casa e seu ambiente de trabalho sempre arejado.

 

Peso ideal e mudanças de hábitos

Peso

Imagine a seguinte situação: você tem uma grande festa para ir ao fim de semana. Já se programou para isso há muito tempo, comprando inclusive aquele traje mais que especial, que estava paquerando na vitrine há tempos. Na hora de provar, o susto: ficou apertado!

Com certeza este dilema já esteve presente na vida de muita gente. E não tem outra solução para o mesmo: é necessário buscar estratégias para se atingir o peso ideal. E não é tão difícil quanto pode parecer. Isto se o seu peso ideal não estiver muito distante do atual.

Para descobrir se está acima do peso, existe uma fórmula muito simples criada pela Organização Mundial de Saúde, chamada de IMC (Índice de Massa Corpórea).

IMC = peso / (altura X altura)

Segundo a OMS, o índice normal é entre 18.5 e 24.9. Se o resultado estiver acima ou abaixo disso, você precisará buscar alternativas para melhorar sua saúde.

Outra forma de se calcular o peso ideal é a circunferência de sua cintura. Se estiver acima de 90 centímetros, você está com excesso de tecido adiposo e isso representa sérios riscos para sua saúde.

Estas são apenas algumas alternativas pontuais para que você saiba se precisa tomar alguma atitude para estar em forma. No entanto, o método mais ideal para isso é a medição do percentual de gordura corporal, que pode ser feito com um profissional qualificado.

Para superar o sobrepeso, existem boas alternativas que garantem uma saúde adequada. Confira algumas delas:

– Caminhada: é fundamental caminhar pelo menos 30 minutos por dia. Pode ser uma caminhada leve, intercalada por corridas sutis.

– Exercícios: pelo menos duas horas de exercícios semanais garantem o bem estar. Praticas esportes é uma boa alternativa.

– Alimentação: opte por alimentos naturais. Que tal dar uma cortada nos fast foods?

– Beba bastante líquido: água e sucos naturais (com pouco açúcar) auxiliam uma digestão tranquila.

– Alimentar-se adequadamente é primordial. De três em três horas, pelo menos, faça um lanchinho básico com uma fruta, iogurte natural ou bolachas de água e sal. Isso ajuda seu organismo a trabalhar bem e impede que você sinta fome em horas erradas.

Viu como é simples atingir o peso ideal e poder usar a roupa que quiser? Basta mudar seus hábitos. Vamos começar?

Depressão pode ser evitada de forma natural

Depressão

A depressão tem se tornado uma doença muito recorrente entre os brasileiros, tendo em vista o ritmo acelerado no qual grande parte das pessoas estão envolvidas. Com isso, não se tem mais tempo para momentos de lazer, visto que as pressões cotidianas nos impõem a necessidade de correr contra o tempo para atingir as metas profissionais e pessoais. As pessoas acabam se distanciando delas mesmas a ponto de não mais se reconhecerem.

A depressão leva a pessoa a se sentir acabada, triste e desiludida com tudo. Para não se entregar a doença é necessário buscar o equilíbrio, a fim de evitar a depressão. O Colher de Saúde traz algumas dicas básicas que podem ser aplicadas no dia a dia de forma natural, a fim de que não sejamos vítimas deste grande mal.

  • Aproveite os momentos de sua vida na busca por equilíbrio, fazendo uma coisa de cada vez. Procure sempre manter o foco para que suas atividades sejam feitas com responsabilidade e prazer.
  • Não foque exclusivamente no trabalho. Tente dar uma respirada sempre que possível, a fim de repor as energias. Isso contribuirá com você e com a qualidade de ser serviço.
  • Alimentação saudável também tem tudo a ver com a prevenção da depressão. Afinal, comer demasiadamente provoca maior gasto de energia do que o que foi ingerido.
  • Preste atenção aos sinais de seu corpo. Se sentir dores e mal-estar, procure auxílio imediatamente.
  • Busque momentos de relaxamento como ioga, massagem, acupuntura. Pratique esportes que lhe dão prazer.
  • Procure tomar banhos de sol, pois esta energia faz muito bem.
  • O contato com as crianças e com a natureza também faz bem à saúde! Que tal realizar caminhadas ao ar livre coma criançada?
  • Busque o autoconhecimento por meio de leituras e palestras motivacionais.
  • Troque experiências de vida com as pessoas que encontrar pelo caminho.
  • Durma bem, por pelo menos 7 horas por noite.

Tudo isso pode facilmente ser aplicado a sua rotina! Não deixe que a depressão tire de você a oportunidade de estar de bem e em dia com a vida.

Bom sono garante qualidade de vida

Uma noite bem dormida é essencial para nosso bem-estar

Uma noite bem dormida é essencial para nosso bem-estar

Uma noite mal dormida pode trazer sérias complicações, tais como: indisposição, queda no rendimento; dores musculares, mau humor, dentre muitas outras. A qualidade do sono é fundamental para o bem-estar, no mesmo grau de proporção das práticas de exercícios físicos e de uma alimentação saudável.

Existem alguns distúrbios do sono, que consistem nas dificuldades relacionadas a dormir. O sono tem quatro fases, e cada uma delas é responsável por uma atividade diferente. Dificuldades em qualquer uma das fases do sono pode trazer prejuízos a curto e longo prazo.

O distúrbio mais recorrente é a apneia, na qual a respiração para e recomeça repetidamente. Conforme dados do Ministério da Saúde, aproximadamente 50% da população do Brasil reclama de algum problema com relação ao nono, sendo que 33% sofre de apneia do sono.

A apneia obstrutiva é o estágio mais comum do distúrbio. Consiste no relaxamento dos músculos da garganta durante o sono, resultando no fechamento das vias respiratórias e impedindo uma respiração adequada. Isso faz com eu a entrada de oxigênio no organismo diminua. Pessoas com este problema costumam roncar como se estivessem sufocadas e ficam incomodadas durante toda a noite. O resultado disso é uma sensação de indisposição e sonolência durante o dia. Na maioria dos casos, quem sofre deste problema sequer percebe a gravidade da situação, procurando tratamento muito tarde.

Os principais fatores de risco para quem sofre com este distúrbio são: obesidade, uso intenso de álcool, circunferência do pescoço, congestão nasal, cigarro e histórico familiar. E dentre os sintomas estão: sono intenso durante o dia, ronco alto, insônia, dores de cabeça, déficit de atenção, irritação, despertar com a boca seca.

Conheça as fases do sono: 

– Fase 1: Abrange 10% da noite. Nesta fase, ocorre a transição entre a vigília e o sono. Quando escurece, ocorre a liberação da melatonina no organismo, que induz a sonolência.

– Fase 2: Abrange 45% da noite. Na fase 2, diminuem os ritmos cardíaco e respiratório, os músculos relaxam e a temperatura corporal baixa. É a fase do sono leve.

– Fase 3: Abrange 25% da noite. O corpo funciona mais lentamente e o metabolismo cai. O coração passa a bater em ritmo mais lento e a respiração também fica mais leve

– Fase REM: Abrange 20% da noite. Esta é a fase do sono profundo. REM, em inglês, significa “Rapid Eye Movement” (movimento rápido dos olhos). É nesta fase em que ocorrem os sonhos, a pessoa tem descargas de adrenalina e há picos de batimentos cardíacos e pressão arterial.

Durante as três primeiras fases do sono, o corpo economiza energias, promove a restauração de tecidos, o aumento da massa muscular e libera o hormônio de crescimento. Já na fase REM, há a consolidação da memória e do aprendizado. Quando a pessoa está dormindo e é acordada, ela volta imediatamente à fase 1 do sono, comprometendo esse processo.

Frituras podem causar câncer de próstata

FriturasOs alimentos fritos como batatinhas, frango, mandioquinha e salgados em geral, chamam bastante nossa atenção. Dá água na boca vê-los nos balcões dos barzinhos e restaurantes. E, quando estamos com fome, logo os degustamos e nos sentimos saciados por algum tempo. Mas, apesar de serem deliciosos, causam uma série de riscos para a saúde quando consumidos em excesso.

De acordo com pesquisa realizada pelo Centro Fred Hutchinson de Pesquisa sobre o Câncer nos EUA, homens que consumem muita fritura correm mais riscos de contrair câncer de próstata.

A pesquisa aponta que os homens que relataram comer alimentos fritos pelo menos uma vez por semana tinham um risco aumentado de desenvolver câncer de próstata, quando comparados aos homens que disseram que comiam tais alimentos somente uma vez por mês. Os alimentos relatados foram: batatas fritas, frango frito, peixe frito e donuts. Os homens que comeram estes alimentos semanalmente apresentaram um risco maior de câncer de próstata que varia de 30% a 37%.

Os indicadores da pesquisa consideraram fatores como a história, idade, raça, histórico familiar de incidência de câncer de próstata e massa corporal. Foram analisados dados de uma base populacional de estudos envolvendo um total de 1.549 homens diagnosticados com câncer de próstata e 1.492 homens saudáveis pareados por idade. Cada participante do universo de estudo preencheu um questionário sobre o seu consumo habitual de alimentos, especialmente os fritos.

O motivo do risco

Ao fritar os alimentos, os mesmos podem liberar substâncias cancerígenas, visto que quando o óleo é aquecido a temperaturas adequadas para fritar, compostos potencialmente cancerígenos podem formar-se no alimento frito.

Os compostos cancerígenos incluem acrilamida (encontrado em alimentos ricos em carboidratos, como batatas fritas), aminas heterocíclicas e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (substâncias químicas formadas quando a carne é cozida a altas temperaturas), aldeído (um composto orgânico encontrado no perfume) e acroleína (substância química encontrada em herbicidas).

A concentração desses compostos tóxicos aumenta com a reutilização de óleo e o aumento do tempo de fritura. Um peito de frango frito submerso em óleo por 20 minutos contém mais de nove vezes a quantidade de compostos tóxicos do que um peito de frango cozido por uma hora, por exemplo.

Portanto, cuidado com sua alimentação. Evite os chamados fast foods e invista em alimentos mais naturais. Ao contrário das frituras, existem alimentos que previnem o câncer de próstata, tais como: Leite, cebola, tomate, soja, vegetais verde-escuro, chá-verde e oleaginosas (castanhas, amêndoa, avelã, macadâmia, nozes entre outras). Esses alimentos contêm substâncias que inibem as células cancerígenas do organismo, mas também devem ser consumidos com moderação.

Café pode trazer muitos benefícios à saúde

Café, na medida certa, faz bem a saúde

Ele está presente em vários momentos de nossa vida. Sinônimo de acolhida e receptividade. Indispensável nos momentos das importantes tomadas de decisões. Protagonista de muitas histórias. O cheirinho que impregna os cômodos é um convite à boa recepção e nos leva a fazer memória de momentos importantes que vivenciamos em família ou com amigos. Estamos falando do café!

Você sabia que esta tradicional bebida, consumida na medida certa, proporciona uma série de benefícios à saúde? Selecionamos alguns deles para compartilhar com vocês.

– Pesquisas apontam que o café pode auxiliar na prevenção do Alzheimer em pessoas idosas, visto que ajuda no bloqueio dos efeitos de um neurotransmissor chamado adenosina. Isso aumenta a eficiência neural do cérebro.

– Fortalece a imunidade, pois apresenta grande quantidade de antioxidantes.

– A cafeína ajuda a amenizar dores de cabeça e enxaquecas. Também melhora o humor e alivia o estresse.

– A cafeína pode também facilitar os movimentos intestinais, ajudando na evacuação eficiente.

– Pesquisas revelaram também que pessoas que bebem café diariamente têm menos risco de serem vítimas de câncer no esôfago.

Mas cuidado com os excessos, visto que o café possui alto índice de acidez, o que pode prejudicar o estômago e angariar problemas como gastrite e úlcera. Consuma na medida certa!

Banheiro Público

Banheiro público – Fique atento aos riscos do seu uso

O banheiro é um lugar intimo. Esse é o lugar da casa reservado para ser compartilhado apenas por aqueles que têm confiança. Afinal, diversas doenças podem ser transmitidas neste ambiente.

A saúde sanitária teve uma evolução estrondosa nos últimos 100 anos. O que hoje vemos como algo normal, antes era um luxo. Ter em casa um banheiro equipado de forma devida é importante para a saúde, o bem estar e até mesmo para a dignidade humana!

Banheiro Público

Bom, mas nem sempre estamos perto dos nossos lares e em algumas ocasiões é impossível evitar os banheiros públicos. Por isso, é preciso ter cuidado com o seu uso e estar atento aos riscos.

Sentar-se no vaso sanitário

Muita gente tenta o “método agachado”, onde não há contato com o vaso. Entretanto, nem sempre essa opção dá certo. Se for preciso sentar-se no vaso o segredo é tentar não tocá-lo diretamente, usando protetores específicos disponíveis ou papel higiênico para forrar o assento.

Usar o papel higiênico

É preciso sempre fazer a limpeza da região genital e anal depois do uso do banheiro. Entretanto, é vital que você confira o estado do papel higiênico para confirmar a sua integridade. Caso desconfie de algo, opte por lenços umedecidos.

Banheiro Público Lavar as Mãos

Lavar as mãos

Esse é o principal conselho após o uso de qualquer banheiro, seja ele público ou não. Lavar as mãos evita que você contraia diversas doenças e que também as passe para outras pessoas. Lave com cuidado e sem pressa, mas em caso de banheiros públicos use o apenas sabonete liquido ou em embalagens individuais.

Enxugar as mãos

Para finalizar o processo, você deve enxugar as mãos com cuidado apenas em papel descartável. O ideal é usar este mesmo papel para fechar a torneira, a fim de não encostar as mãos limpas neste objeto que pode ser ainda um vetor de enfermidades.